Preciso de pneus novos?

Quanto tempo dura um pneu?

automóvel edito manter cinco sugestões e conselhos

automóvel edito manter cinco sugestões e conselhos

Quais são os princípios básicos?

Não há maneira de saber exatamente quanto tempo dura um pneu. A vida útil e a quilometragem de um pneu dependem de um conjunto de fatores: o seu design, os hábitos do condutor, o clima, as condições da estrada e os cuidados com os pneus.

Alguns prazos e conselhos:

1- Tenha cinco anos em mente

Depois de cinco anos ou mais de utilização, os seus pneus devem ser cuidadosamente inspecionados pelo menos uma vez por ano por um profissional.

2- Dez anos é o máximo

Se os pneus não forem substituídos após 10 anos da sua data de fabrico, por precaução, a Michelin recomenda substituí-los por pneus novos, mesmo que pareçam estar em bom estado e não tenham sido gastos até ao indicador de desgaste do piso. Esta recomendação também se aplica aos pneus sobresselentes.

3- Cuidados adequados aumentam a vida útil dos pneus

Se tiver atenção à pressão de ar dos seus pneus, ao desgaste do piso e ao alinhamento, entre outros cuidados, pode aumentar a sua vida útil.

Para pneus de origem: siga as recomendações de substituição de pneus do fabricante do veículo.

Como verificar a data de fabrico

Procure o número DOT no flanco dos pneus.

Saiba como verificar a data de fabrico dos pneus com o código DOT

automóvel edito o que danifica os pneus sugestões e conselhos

automóvel edito o que danifica os pneus sugestões e conselhos

O que danifica os pneus?

Fatores físicos:

  • Idade
  • Desgaste e danos

Condições da estrada:

  • Buracos, obstáculos, lancis, objetos pontiagudos, lombas de controlo da velocidade.

Clima:

  • Temperaturas extremas.
  • Chuva, neve e gelo.
  • Óleo, gordura e outros químicos.
  • Níveis elevados de radiação solar e de ozono

Hábitos de condução:

  • Excesso de velocidade.
  • Arranques rápidos e travagens de emergência.
  • Condução em estradas em mau estado.
  • Não notar uma alteração no comportamento, ruído ou vibração.
  • Não consultar um profissional quando ocorre uma alteração.

Utilização indevida:

  • Utilizar pneus de verão na neve ou gelo.
  • Misturar tipos de pneus.
  • Utilizar jantes e rodas de dimensões incompatíveis.
  • Montar pneus em que o limite de velocidade e o índice de carga não sejam pelo menos iguais ou superiores aos originalmente especificados pelo fabricante do veículo.
  • Encher novamente um pneu que tenha ficado vazio ou com uma pressão extremamente baixa.
  • Utilizar um pneu sobresselente de um tamanho diferente a velocidades superiores a 80 km/h
automóvel edito estará o meu pneu gasto sugestões e conselhos

automóvel edito estará o meu pneu gasto sugestões e conselhos

Preciso de substituir agora?

Recomendamos que substitua os seus pneus se:

  • O piso está desgastado para além da profundidade do piso recomendada.
  •  O flanco do pneu está danificado.
  • Existir qualquer furo no piso com mais de 6 mm de diâmetro.
  • O talão está danificado ou deformado (o talão é o bordo do pneu que assenta na jante).

 

1- Inspecione os seus pneus regularmente e procure por:

  • Desgaste desigual do piso.
  • Piso raso.
  • Causas de problemas (pedras, pregos, etc.).
  • Zonas danificadas.
  • Tampas de válvulas danificadas.

 

2- Preste atenção à “sensação” que os seus pneus lhe transmitem enquanto conduz.

  • Um andamento desconfortável pode ser sinal de danos nos pneus ou de um desgaste excessivo.
  • Se sentir vibrações ou outras perturbações enquanto conduz, reduza imediatamente a velocidade, conduza com cuidado até conseguir sair da estrada com segurança, pare e inspecione os seus pneus.
  • Se um pneu estiver danificado, esvazie-o e substitua-o pelo sobresselente. Se não vir nenhum dano no pneu e não conseguir identificar a razão da vibração, leve o veículo a um revendedor de pneus para uma inspeção minuciosa.

 

3- Consulte um profissional

  • Se vir algo que lhe suscite dúvidas durante a inspeção, peça ao seu revendedor de pneus para examinar o pneu em questão.
  • Para identificar um problema específico

tread check ok

tread check ok

Como posso inspecionar os meus pneus?

1- Verifique a pressão de ar

  • É rápido e pode evitar muitos problemas.
  • Faça-o uma vez por mês.

 

2- Verifique o desgaste do piso através de um destes dois métodos

  • Usando um medidor de profundidade do piso.
  • Através dos indicadores de desgaste do piso.

Ver Como verificar se o piso tem profundidade suficiente

3- Inspecione os seus pneus quanto ao desgaste e a danos

  • Verifique se existem furos ou protuberâncias no flanco do pneu e se o piso tem um desgaste uniforme.
  • Esteja atento a quaisquer alterações no comportamento ou na direção.
     

Quando devo inspecionar os meus pneus?

  • Uma vez por mês.
  • Antes de fazer uma viagem longa.

Próximos passos:

  • Qualquer perfuração, corte ou deformação visível deve ser verificada por um profissional de pneus.
  • Apenas um profissional de pneus pode dizer-lhe se o seu pneu pode ser reparado ou se tem que ser substituído.

 

Precisa de mais ajuda?