Como escolher os pneus certos para carros elétricos

Quando chega o momento de substituir os pneus de um veículo elétrico, é importante compreender as diferenças entre pneus para carros elétricos e aqueles concebidos para veículos com motores de combustão interna. Descubra o trabalho por detrás dos pneus para carros elétricos, e como existe muito mais do que poderia imaginar para além da camada exterior de borracha preta.

Os pneus para carros elétricos são idênticos aos dos automóveis com motor de combustão?

Os veículos elétricos e os tradicionais motores de combustão interna (MCI) podem parecer idênticos e até podem equipar os mesmos tipos de pneus! Ainda assim, para maximizar as vantagens dos automóveis elétricos, a Michelin desenvolveu pneus para equiparem exclusivamente estes veículos. Tenha em consideração que qualquer um dos pneus da nossa linha é adequado para veículos elétricos, mesmo que os MICHELIN Pilot Sport EV e MICHELIN e.Primacy, tenham sido concebidos especificamente para elétricos.

Num veículo elétrico equipado com pneus que foram concebidos para essa utilização, a autonomia da bateria e a preservação do silêncio no seu interior são os aspetos mais evidentes. Além disso, assim que carrega no acelerador, tem acesso imediato a 100% da potência do veículo. Enquanto num veículo de combustão interna, a potência do motor é disponibilizada gradualmente. Isto significa que as transferências de peso são mais acentuadas do que num veículo de combustão interna.

Estas diferenças entre um veículo elétrico e de combustão interna têm consequências na conceção dos pneus. Na Michelin concebemos os nossos pneus para automóveis elétricos de forma diferente para otimizar a performance dos veículos elétricos. A autonomia da bateria, o silêncio no habitáculo e a longevidade dos pneus são otimizadas, mantendo um nível elevado de segurança e de prazer de condução do seu automóvel elétrico.

Os pneus para carros elétricos são idênticos para todos os tipos de automóveis?

4w 461 tire michelin crossclimate 2 en us product in context dry no signature 16 slash 9

Tal como acontece com os automóveis MCI, não existe uma opção de um pneu único para todos os veículos elétricos. Tudo se resume ao tipo de utilização do automóvel. A Michelin concebe os seus pneus especificamente com base na sua utilização. Os pneus precisam de responder a diferentes exigências de condução, tal como acontece com os outros automóveis.

Quem conduz um automóvel desportivo, por exemplo, tem expectativas bastante diferentes do seu veículo, face a um automóvel citadino. Este tipo de condutor pretende uma excelente precisão da direção. Compram um automóvel desportivo porque, ao virar o volante, sentem a resposta do veículo. Esta é a diversão de condução que procuram. Assim, os pneus para os automóveis desportivos elétricos devem combinar tanto as especificidades dos veículos elétricos como a precisão de condução.

Os desafios para o pneu de um automóvel desportivo elétrico

Obter esta sensação com um pneu de um automóvel desportivo envolve um nível considerável de pesquisa e desenvolvimento. Um pneu macio e pouco reativo, que não responda de forma adequada, afeta toda a experiência de condução e o condutor perde muitas das vantagens da natureza desportiva do automóvel, daí a necessidade de um pneu para automóvel desportivo concebido especificamente para um veículo elétrico.

Os automóveis elétricos desportivos têm um motor elétrico potente que disponibiliza binário instantâneo e acelerações rápidas. Para dar resposta a estes motores, precisa de ter uma bateria forte, e isso reflete-se no peso. Num carro elétrico desportivo, o peso médio da bateria ronda os 400 kg. Com estes valores de peso e potência, precisa de ter um excelente controlo do automóvel e prestar atenção para preservar a autonomia da bateria que será afetada por este peso adicional. O desafio resume-se a conseguir um equilíbrio preciso entre controlo e a autonomia associada à massa adicional.

Como é que sabe que pneus deve equipar no seu automóvel elétrico?

Os pneus MICHELIN Pilot Sport EV foram concebidos para satisfazer as características de performance muito específicas dos veículos elétricos desportivos.

Os pneus MICHELIN Pilot Sport EV inovam com um aumento da rigidez em curva para manter as sensações de maneabilidade semelhantes às conseguidas nos veículos de combustão interna, com 15% mais rigidez em curva(1) para compensar o aumento da massa.
Os MICHELIN Pilot Sport EV também oferecem 60 km de autonomia adicional(2) ao mesmo tempo que reduz em 20% o nível de ruído registado(3), para maximizar o seu prazer de condução, durante mais tempo. 

MICHELIN Pilot Sport EV tire: Electrified road control, made to last | Michelin

 Nos veículos elétricos, os pneus MICHELIN E.Primacy podem aumentar a autonomia da bateria em até 7%(6). Para além de todas estas características, outros aspetos de performance como aderência em piso molhado e longevidade continuam com padrões elevados(7)(8), oferecendo elevados níveis de segurança.

A Michelin também desenvolve pneus com marcação com construtores de veículos elétricos, tais como Mercedes-AMG, Porsche, Tesla. Um pneu com marcação implica que foram cumpridos todos os requisitos dos construtores de automóveis, isto também se aplica aos pneus para automóveis elétricos.

A Michelin adapta uma vasta gama de pneus para os construtores de automóveis elétricos. Pode reconhecer os pneus através da marcação do pneu no flanco.

New MICHELIN e.PRIMACY Tyre - Eco-responsible, made to last

Encontre os pneus Michelin perfeitos para si em segundos

AVISOS LEGAIS

MICHELIN Pilot Sport EV

(1) Estudo interno sobre rigidez em curva realizado em máquina em 10/2020, na dimensão 255/45 R19, que compara o MICHELIN Pilot Sport EV face ao MICHELIN Pilot Sport 4 SUV.
 

(2) melhor autonomia da bateria para veículos elétricos de alta performance - Estudo interno de resistência ao rolamento efetuado em 10/2020, na dimensão 255/45 R19, que compara o MICHELIN Pilot Sport EV (6,7 kg/t) face ao MICHELIN Pilot Sport 4 SUV (8,8 kg/t). Para um veículo elétrico com um peso total de 2151 kg, com uma autonomia de 540 km, esta diferença de 2,1kg/t resulta num aumento da autonomia em mais de 60 km, ou mais de 10% da autonomia inicial.
 

(3) - perturbação sonora - Medição de ruído interno, realizado em 2016, na dimensão 245/45 R19, com o KIA Cadenza. Nível de ruído medido na frequência “170-230Hz”. Os resultados podem variar de acordo com o veículo, gama e dimensão de pneus, velocidade e condições da estrada.

MICHELIN e·Primacy
 

(4) - Teste de resistência ao rolamento - Testes de resistência ao rolamento, realizados em máquina pela Applus Idiada, a pedido da Michelin, em junho (em pneus novos) e agosto (com desgaste de 2 mm) de 2020, na dimensão 205/55 R16 91V, ao comparar os MICHELIN e.PRIMACY (novos: 5,58 kg/t e gastos: 5,13 kg/t) com os MICHELIN PRIMACY 4 (novos: 7,74 kg/t e gastos: 6,25kg/t); BRIDGESTONE TURANZA T005 (novos: 7,17 kg/t e gastos: 5,81 kg/t); CONTINENTAL ECOCONTACT 6 (novos: 6,39 kg/t e gastos: 5,49 kg/t); CONTINENTAL PREMIUM CONTACT 6 (novos: 8,93 kg/t e gastos: 6,94 kg/t); DUNLOP BLURESPONSE (novos: 7,97 kg/t e gastos: 5,54 kg/t); GOODYEAR EFFICIENT GRIP 2 (novos: 7,01 kg/t e gastos: 5,38 kg/t); PIRELLI CINTURATO P7 BLUE (novos: 6,96 kg/t e gastos: 6,30 kg/t); PIRELLI CINTURATO P7 (novos: 8,79 kg/t e gastos: 6,97 kg/t).
 

(5) A categoria dos pneus MICHELIN e.PRIMACY é definida como um dos pneus de verão Premium, tais como os das marcas CONTINENTAL, GOODYEAR, BRIDGESTONE, PIRELLI, DUNLOP, e que não são dedicados a aplicações de Equipamento Original (ou seja, não são concebidos para atingir objetivos específicos de cada construtor automóvel), sendo pneus que podem ser adquiridos nos revendedores.
 

(6) Aumento da autonomia da bateria dos veículos elétricos e redução de CO₂ - Quando novos, os MICHELIN e.PRIMACY geram, em média, menos 2 kg/t de resistência ao rolamento do que os seus concorrentes, representando uma redução no consumo de combustível de até 0,21 l/100 km, equivalente a uma melhoria nas emissões de CO₂ de até 5 g com o VW Golf 7 1.5 TSI ou equivalente, e a uma melhoria de até 7% em autonomia com o VW e.Golf.
 

(7) - Longevidade - O teste de longevidade realizado pela DEKRA TEST CENTER, a pedido da Michelin, em junho-julho de 2020, na dimensão 205/55 R16 91V com o VW Golf 7 compara o MICHELIN e.PRIMACY (100%) face ao MICHELIN Primacy 4 (102,1%); Realização do teste de longevidade realizado com base numa média de utilização real (D50) com 14 460 km percorridos e longevidade extrapolada para 1,6 mm. Vencedor do teste ADAC verão 2020 235/55 R17, realizado pela ADAC com o Ford Kuga em 2020. Este teste foi realizado na dimensão 235/55 R17. O Michelin Primacy 4 é o melhor dos 12 pneus testados, de acordo com as propriedades avaliadas (piso seco e molhado, ruído, desgaste, consumo de combustível). O Michelin Primacy 4 é o vencedor do teste com os seguintes comentários: “Muito equilibrado, com excelente avaliação em piso molhado, desgaste reduzido excelente, muito bom em piso seco” - Classificação 1.0 em Desgaste.
 

(8) - Piso molhado - O MICHELIN e.PRIMACY tem marcação “B” na escala europeia de Aderência em piso molhado.