Montar pneus no seu carro

Desde comprar pneus novos para o seu carro a deparar-se com o azar de um furo (e com o consequente pneu furado), podem surgir algumas situações em que vai precisar de ir até à oficina para montar pneus novos nas suas jantes.

Embora montar pneus em casa seja tecnicamente possível, é mais fácil, mais seguro e muito mais rápido deixar esta tarefa para um profissional. Para montar pneus novos nas jantes, é recomendável ir a uma oficina onde os técnicos sejam especialistas na montagem de pneus, especialmente porque um pneu montado de forma incorreta pode originar danos e dificuldades na condução.

Vamos analisar o processo de montagem de pneus na oficina, para que possa compreender melhor os passos principais sobre como trocar um pneu.

tiresealant 1

Como trocar um pneu

Passo 1: retirar os pneus

Na oficina, o técnico pode começar com a montagem dos pneus. Para começar, vão elevar o carro através do elevador hidráulico, para que as quatro rodas não fiquem em contacto com o solo.

Passo 2: retirar as porcas da jante

Agora, é o momento de desapertar as porcas ou pernos da jante. Estes podem estar ocultos pela tampa do cubo. Geralmente, são redondos ou sextavados e podem ser desapertados ao aplicar pressão e rodar no sentido contrário dos ponteiros do relógio. 

Passo 3: desmontar os pneus

Depois de eliminar a pressão de enchimento ao remover a inserção da válvula, será possível retirar o(s) pneu(s) usado(s) da jante. O mais provável é o técnico recorrer a uma ferramenta profissional para ajudar a desmontar pneus, evitando danificar a roda ou outros componentes integrados. 

Passo 4: montar os pneus novos

Agora que já foram retirados os pneus usados, o técnico vai precisar de verificar o estado da jante e verificar se existe ferrugem e/ou desgaste que a esteja a danificar. Assim que este controlo estiver terminado, será instalado o pneu novo, com uma largura adequada ao tamanho da jante. O carro pode ser equipado com pneus do tipo tubeless ou com câmara de ar. A construção de ambos é bastante semelhante, a principal diferença é que os pneus tubeless não recorrem à câmara de ar para manter o ar pressurizado. Neste caso, a jante e o pneu formam um recipiente de ar que consegue preservar o ar.

Assim que tiver realizado a sua escolha entre pneus tubeless ou com câmara de ar (os pneus tubeless são os mais comuns), e antes de instalar a nova roda, o profissional vai verificar se os padrões do piso estão direcionados no sentido correto antes de voltar a recorrer à ferramenta de montagem do pneu para colocá-lo na jante. Recorrendo a uma mangueira de ar comprida, por motivos de segurança, o pneu ou pneus são cheios com a pressão de ar correta.

fitting tires 1

Passo 5: verificações finais

O técnico vai inspecionar os pneus usados para procurar eventuais sinais de desgaste irregular no padrão do piso, de alinhamento incorreto das rodas ou de jantes desequilibradas que sejam a causa do desgaste prematuro do piso. Se alguma dessas situações for detetada, o técnico pode alterar a geometria dos eixos do carro para a posição correta ou proceder à equilibragem das rodas para garantir que o peso está distribuído de forma adequada.

Passo 6: baixar o carro

Antes de instalar os pneus novos e as jantes no carro, o mecânico vai certificar-se de que os pneus novos estão montados corretamente. Se vai usar pneus direcionais, é importante garantir que estão instalados no sentido correto para garantir que oferecem toda a sua performance. Quando estão montados corretamente, a seta apresentada no flanco do pneu deve estar posicionada no sentido de rotação.
Assim que o pneu é montado no carro, as porcas das jantes são apertadas à mão até onde for possível, antes de voltar a baixar o carro até ficar em contacto com o solo. Nesse momento, as porcas são totalmente apertadas com uma ferramenta profissional, denominada chave dinamométrica. Depois disso, está pronto para partir e voltar à estrada! 

Encontre pontos de venda de pneus perto de si em segundos

Car
  • Car
  • Motorbike
Car
  • Car
  • Motorbike
Localizar-me

Cinco grandes cidades de Portugal

Perguntas mais frequentes:

Quanto custa a montagem dos pneus?

O preço da montagem dos pneus irá variar consoante a sua localização, dimensão do pneu e alguns requisitos, como se vai proceder à montagem de vários pneus ou de apenas um pneu, após um pneu furado. Também pode variar se comprar os pneus no mesmo revendedor onde realizar a montagem ou se fizer a compra num outro local. 

Quanto tempo demora para trocar um pneu sozinho?

Desde grandes buracos a passar sobre um prego, ter de encostar devido a um pneu furado é uma situação comum que, infelizmente, acontece a todos os condutores em algum momento. Embora seja melhor procurar um profissional para trocar os seus pneus, nestes casos sempre pode recorrer ao pneu sobressalente ou usar o spray antifugas para pneus para poder conduzir até à oficina e verificar ou substituir o seu pneu.

Dependendo da sua experiência, um pneu furado pode ser trocado por um pneu sobressalente em menos de 30 minutos, mas leve o tempo que precisar e realize todos os passos em segurança. Não se esqueça que deve fazer isto apenas num local seguro e autorizado, e comprovar que o veículo e o macaco estão numa superfície estável, com as rodas travadas, o travão de estacionamento acionado e com a mudança engrenada (ou posição de Parque com caixa automática), para o carro não rodar. Além disso, o pneu sobressalente deve ter a pressão correta, pelo que é importante verificar a pressão do pneu suplente regularmente, sempre que os pneus forem verificados por um profissional. Se não se sentir muito confortável a trocar um pneu, pode ser uma boa ideia praticar esta situação num local seguro, com o veículo estacionado em casa, por exemplo.

Antes de iniciar uma viagem, deve comprovar que leva tudo o que precisa para montar o pneu sobressalente, caso seja necessário. Deve encontrar tudo o que precisa no seu veículo, mas existem outros extras práticos que pode guardar na bagageira diversas situações de potencial emergência, como uma lanterna ou um kit de reparação de furos para automóvel

Que distância se pode percorrer com um pneu sobressalente?

Depende do seu tipo de pneu sobressalente, mas não é habitual serem concebidos para realizar grandes distâncias, nem atingir velocidades elevadas. Alguns modelos de automóveis têm espaço apenas para  pneus sobressalentes mais pequenas, que não devem ser conduzidos a mais de 80 km/h, porque oferecem menos tração e têm menos capacidade de manobrabilidade na estrada em condições meteorológicas adversas. Tenha em atenção que o seu pneu sobressalente também pode ser adequado para uma estação do ano diferente daquela que está a usar nos restantes pneus.

Assim que montar o pneu sobressalente, visite um especialista em pneus, logo que possível, para garantir que a roda está segura e para inspecionar o pneu danificado. Se o sobressalente é de Utilização temporária ou de Dimensão reduzida, deve respeitar as restrições indicadas ou descritas no manual do seu veículo. Por norma, visite a sua oficina, logo que possível, para uma avaliação completa e para trocar o pneu furado por um pneu novo.

Quando é que os pneus automóveis devem ser substituídos?

Aconselha-se vivamente a substituir os seus pneus após 10 anos. Contudo, se verificar que o seu pneu está danificado ou que atingiu o limite legal de desgaste do piso antes deste período, deve substituir os pneus. 
De uma forma geral, os seus pneus devem ser verificados por um profissional a cada 5-6 anos.

Encontre os pneus Michelin perfeitos para si em segundos

Other related articles