PneusPneus VER TODOS OS PNEUSVER TODOS OS PNEUS DISTRIBUIDORESDISTRIBUIDORES

Guia de manutenção

Dez conselhos para uma manutenção adequada dos pneus

Michelin 18 mai 2010

Dez conselhos para uma manutenção adequada dos pneus

É fácil esquecer que os pneus são o único ponto de contacto entre o veículo e a estrada. Por isso, é tão importante manter a qualidade e performances dos mesmos, tanto para garantir a segurança como a mobilidade. Por isso aconselhamos que cumpra as seguintes recomendações de segurança.

1. Área de contacto

UM GRANDE TRABALHO PARA UMA PEQUENA SUPERFÍCIE

A parte do pneu que está em contacto com a estrada é aproximadamente do tamanho da sua mão. A sua segurança, conforto e a poupança de combustível dependem dessa pequena superfície. Assegure-se de seleccionar os pneus adequados e realizar a sua manutenção para que rendam ao máximo.
Tenha em conta que os pneus:

  • São a única união entre o veículo e a estrada
  • Suportam todo o peso do carro, uma carga até 50 vezes o seu próprio peso
  • Respondem aos diversos movimentos da condução como a direcção, a aceleração e a travagem do veículo
  • Absorvem todos os obstáculos do caminho

2. Desgaste e profundidade dos pneus

UMA MEDIDA DE SEGURANÇA RÁPIDA E SIMPLES

Comprove regularmente a profundidade do piso dos pneus e mude-os quando estiverem gastos. Deste modo a aderência e a tracção estarão garantidas, evitando desagradáveis surpresas. Troque os pneus antes da profundidade da escultura chegar ao limite legal de 1,6 mm. Para facilitar-lhe as coisas, os pneus Michelin levam indicadores de desgaste situados no fundo dos canais principais da banda de rolamento. A sua segurança e mobilidade dependem da profundidade do piso porque:

  • Os canais da escultura retiram a água que fica debaixo do pneu, ajudando a manter o controlo
  • Quanto maior for a profundidade da escultura mais água evacuará e, portanto, reduz-se o risco de aquaplaning
  • Uma pressão de enchimento correcta, assim como a manutenção regular do veículo, garantirá que os pneus tenham o melhor comportamento durante a sua vida útil

3. Pressão do pneu

VERIFIQUE A PRESSÃO TODOS OS MESES

A pressão correcta reduz o risco de perder o controlo do veículo. Também protege os pneus de um desgaste prematuro e de danos irreversíveis na construção interna. A pressão dos pneus pode diminuir por pequenas perfurações, pelo escape natural de ar pelos componentes do pneu ou até mesmo por uma descida da temperatura ambiente. Verifique a pressão dos pneus, inclusive do sobresselente, todos os meses e antes de uma grande viagem, preferivelmente com os pneus frios (que não tenham circulado mais de 4 quilómetros a baixa velocidade). Se se verifica em quente deve-se acrescer 0,3 bar à pressão recomendada. É importante verificar a pressão uma vez por mês, porque:

  • A baixa pressão aumenta o risco de danificar os pneus
  • Um excesso de 20% de pressão reduz bastante a vida do pneu.
  • Uma pressão correcta aumenta a vida útil do pneu e permite poupar combustível

Right tyre pressureA pressão recomendada NÃO se indica no pneu. A pressão de enchimento que aparece no lateral do pneu é só a pressão de enchimento máxima do pneu. A pressão de enchimento recomendada pode encontrar-se:

  • No manual de utilizador do veículo
  • No lateral da porta, junto ao assento do condutor
  • No interior da tampão do depósito de combustível

4. Equilibragem

A EQUILIBRAGEM PROLONGA A VIDA DO PNEU

BalancingA equilibragem ajuda a prevenir um desgaste prematuro dos pneus e elimina as vibrações. Também protege a suspensão, a direcção e a transmissão do veículo. Sempre que se troquem ou desmontem, os pneus devem ser equilibrados.

5. Alinhamento das rodas

UM ALINHAMENTO CORRECTO GARANTE A SUA SEGURANÇA

Um alinhamento correcto de direcção e uma suspensão em bom estado influi positivamente no comportamento do seu veículo e na sua segurança. A mesma pode ficar afectada se o pneu embate com um objecto sólido como uma berma ou um buraco. É importante que o alinhamento seja correcto para:

  • Conseguir a melhor condução
  • Proteger os pneus de um desgaste irregular ou rápido
  • Poupar combustível

6. Pneus traseiros

OS PNEUS NOVOS DEVEM SER MONTADOS NO EIXO TRASEIRO

Os pneus traseiros não estão ligados ao volante, o que dificulta o controlo da sua aderência. Para conseguir uma eficiência óptima, verifique regularmente a pressão e o estado dos pneus, especialmente durante a rotação dos mesmos, pois muitos veículos especificam pressões diferentes para o eixo dianteiro e o traseiro. Por segurança, os pneus novos ou menos gastos devem ser sempre montadosno eixo traseiro para garantir:

  • Maior controlo em travagens de emergência ou curvas cerradas
  • Menor risco de perder controlo do veículo, especialmente em superfícies molhadas
  • Melhorar a condução, especialmente em situações difíceis, independentemente de que o veículo seja de tracção dianteira ou traseira

7. As válvulas

AS VÁLVULAS E OS TAMPÕES PROTEGEM-NO E PROTEGEM OS PNEUS

Tyre valveAs válvulas e os seus componentes costumam ser de borracha, por isso acabam por se deteriorar. Mudar as válvulas ao comprar pneus novos é uma forma barata de proteger os pneus e o veículo. A altas velocidades, uma válvula de borracha dobra-se devido à força centrífuga e acaba por se  deteriorar. O tampão da válvula também é importante. É o que mantém a estanquicidade e protege do pó e da sujidade.  Verifique regularmente o bom estado das válvulas e dos tampões para:

  • Manter a estanquicidade e pressão correcta do pneu
  • Garantir uma vida mais longa do pneu

8. Manipulação e armazenagem

MANTENHA OS PNEUS A SALVO

Por segurança, é extremamente importante manter os pneus armazenados longe de chamas, qualquer objecto incandescente ou substância capaz de provocar faíscas ou descargas eléctricas (por exemplo, geradores de bateria). Quando se manipulam pneus é recomendável utilizar luvas de protecção. Os pneus devem-se armazenar:

  • Numa zona arejada, seca e temperada, longe da luz directa do sol e da chuva
  • Longe de produtos químicos, diluentes ou hidrocarbonetos que possam alterar a natureza da borracha
  • Longe de qualquer objecto que possa penetrar na borracha (metais pontiagudos, madeira, etc.)

9. Reparação de pneus

O PRIMEIRO PASSO PARA REPARAR UM PNEU? VISITAR UM PROFISSIONAL

Tyre Repair

Quando for preciso reparar um pneu é fundamental ir a um especialista para que desmonte o pneu da roda e inspeccione o interior. É absolutamente necessário porque os danos internos não se vêem quando o pneu está montado na jante. Um profissional:

  • Garantirá o cumprimento dos processos de montagem, desmontagem, equilibragem e enchimento do pneu e a substituição sistemática da válvula.
  • Verificará o estado interno do pneu, detectando qualquer dano não visível na superfície
  • Comprovará que o pneu se volta a colocar correctamente, optimizando a condução e o conforto
  • Garantirá o cumprimento das normas legais e do fabricante no momento de escolher pneus: estrutura, dimensões, código de velocidade e capacidade de carga
  • Assegurará o cumprimento da pressão de utilização prescrita pelo construtor do veículo ou pelo dos pneus
  • Terá em conta as instruções de montagem e advertências nos flancos (direcção de rotação ou direcção de montagem)
  • Terá em conta as características de pneus específicos (pneus de perfil baixo, runflat, autoselantes, etc.)
  • Garantirá a sua segurança

10. Duração

QUANDO MUDAR DE PNEUS?

A duração de um pneu varia tanto que é impossível prever exactamente a sua vida útil. Um pneu está formado por vários tipos de compostos de lonas e borrachas que influem no seu comportamento. A sua evolução depende de muitos elementos como o tempo, as condições de armazenagem e de utilização, entre outros muitos factores a que se submete o pneu na sua vida. Por isso recomendamos aos condutores que verifiquem o aspecto dos seus pneus que estejam atentos à perda de pressão ou de qualquer fenómeno anormal (vibração, ruído, tracção), que poderiam indicar que os pneus se devem substituir.

Recomendamos:

  • Ir a um especialista para verificar os pneus do seu veículo se têm mais de cinco anos, pelo menos uma vez por ano.
  • Seguir as recomendações de substituição dos pneus do construtor do veículo
  • Trocar os pneus com mais de dez anos desde a data de fabrico, embora pareçam estar em bom estado e não tenham atingido o limite legal de desgaste

ARTIGOS LIDOS RECENTEMENTE

Não há artigos vistos recentemente

  • TURISMO
  • 4X4 / SUV
  • VEÍCULOS COMERCIAIS
  • Primacy 4

    Segurança desde o primeiro até ao último quilómetro(1) VER MAIS

    Verão

    Primacy 4 NOVO
  • CrossClimate+

    Sempre preparado! Faça o tempo que fizer. VER MAIS

    tyre.attributes.genpoly

    CrossClimate+
  • Pilot Sport 4

    MICHELIN Pilot Sport 4. Simplesmente, uma experiência única. VER MAIS

    Verão

    Pilot Sport 4
  • Pilot Sport 4 S

    Pura paixão, pura precisão VER MAIS

    Verão Circuito

    Pilot Sport 4 S
  • Pilot Sport Cup 2

    Mais de 50% de voltas em circuito, e mais rápido(1) graças às tecnologias incorporadas da competição de resistência VER MAIS

    Verão Circuito

    Pilot Sport Cup 2
  • Alpin 5

    Segurança e mobilidade no inverno, inclusive em condições extremas VER MAIS

    Inverno

    Alpin 5
  • Pilot Alpin PA4

    Mais controlo em todas as condições invernosas. VER MAIS

    Inverno

    Pilot Alpin PA4
Loader